skip to Main Content
O Que é Uma Empresa Júnior?

O que é uma empresa júnior?

Diariamente, aumenta o inconformismo com a sociedade em que nos encontramos; todos os dias observamos o surgimento de diversas empresas e organizações voltadas para a mudança desse cenário, com ideias inovadoras e métodos revolucionários.

Com esse sentimento, em 1967 na Escola Superior de Ciências Econômicas e Comerciais de Paris iniciou-se o Movimento Empresa Júnior com a formação da primeira Empresa Júnior. Em 1987 o MEJ chegou ao Brasil, fomentando o inconformismo perante o ensino superior, que, muitas vezes, restringe-se apenas à teoria, deixando de lado os aspectos práticos dos cursos.

Desde o seu surgimento no Brasil o movimento passou por diversas fases; em um primeiro momento, passou por uma fase desconecta na qual cada empresa júnior possuía a sua visão do movimento e motivação para estar ali. Por isso o movimento foi evoluindo seu propósito e missão até os dias de hoje, onde seus principais pilares são lutar por um Brasil mais ético, competitivo, colaborativo e educador, e há uma conexão muito maior entre as empresas e empresários.

Com toda essa evolução surgiram organizações que guiam o movimento em cada estado, chamadas de federações. Dentro do estado de Santa Catarina ela é chamada de FEJESC (Federação das Empresas Juniores de Santa Catarina), responsável por unir e orientar as empresas juniores segundo o seu propósito. Todas as 27 federações se unem dentro da nossa confederação, chamada de Brasil Júnior, responsável por guiar o Movimento Empresa Júnior (MEJ) dentro do Brasil e representá-lo mundialmente.

Mas o que é uma empresa Júnior? Elas são organizações sem fins lucrativos caracterizada por um conjunto de pessoas reunidas em função da realização de um objetivo. Dentro das empresas juniores são desenvolvidos projetos buscando ajudar empreendedores a crescerem dentro do mercado, com um custo abaixo do mercado sênior.

Mas como assim existe custo se são empresas sem fins lucrativos? Como exemplo de uma associação sem fins lucrativos, temos a Igreja Católica, na qual toda a receita acumulada é convertida na própria estrutura. Bom mas então pra que é usado o dinheiro desses projetos? Como nosso principal propósito de trazer um Brasil mais educador, parte do dinheiro é utilizado para suprir as despesas administrativas da empresa e o restante é revertido em educação para os membros da empresa júnior, ou seja, todo o dinheiro obtido em projeto é reinvestido na educação.

A InovEQ é uma Empresa Júnior vinculada à Universidade Regional de Blumenau (FURB) que atua nas áreas de Engenharia Química e Engenharia de Alimentos. Foi criada no ano de 2016, e dispõe de uma equipe capacitada que garante a realização de consultorias e projetos personalizados de qualidade por um preço acessível, atuando em diversas áreas e setores. Em 2017, ingressou FEJESC.

Mas qual o impacto que estamos causando? Apenas em 2019 cerca de 45 milhões de reais foram arrecadados e reinvestidos na educação, gerando mais de 24 mil soluções para a sociedade, muitas delas dentro das ODS’s da ONU.

Mas toda essa rede depende da ação de pessoas, e não de pessoas quaisquer: de empresários juniores. Para ser um empresário júnior é necessário ser um acadêmico de uma Instituição de Ensino Superior que possua uma Empresa Júnior registrada. O empresário júnior é aquele que busca conseguir experiência no mercado de trabalho, e seus objetivos é colocar em prática o conhecimento adquirido nas aulas e ter um preparo maior para o mercado de trabalho, ter mais conhecimento prático, ampliar suas habilidades de liderança, ampliar sua rede de contatos e ter um diferencial no seu currículo. Além disso, é alguém inconformado com a situação atual do Brasil e do mundo, estando disposto a investir seu tempo em esforço em alterá-la para melhor através dos projetos e realizações dentro de sua EJ e do MEJ brasileiro.

Caso você tenha interesse em se tornar um empresário júnior, ou queira conversar com a gente para entender um pouco mais entra em contato com a gente! 

This Post Has 2 Comments
  1. […] Empresas Juniores são empresas vinculadas a universidades, apesar de não dependerem delas. São formadas apenas por acadêmicos dos cursos abrangidos pela Empresa Júnior, e cada EJ define seu método de trabalho como melhor lhe convier, desde horários de trabalho, cargos de diretoria e processos de treinamento. Além disso, cada estado possui uma federação própria, a qual auxilia na criação de novas empresas juniores e no crescimento das já estabelecidas, sendo a responsável por santa catarina a FEJESC. […]

Deixe uma resposta para Benefícios do MEJ – InovEQ Consultoria Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Precisa de ajuda?
Oi,
Podemos te ajudar?